Pombo, FGuedes, Mantorras, Mona, Élvio, Mendes, Alentejano, Luciano, Marco

Alentejano, Mantorras, Brá, Mendes, Pombo, Nunes, Luciano, Soneca(a dormir mesmo!), Mona e Élvio

sábado, 24 de janeiro de 2009

Teoria da relatividade (2)


AComunidade Científica norte-americana ficou boquiaberta com a descoberta realizada por um grupo de estudantes que se prepara para apresentar um trabalho de investigação na área da Física Quântica. Enquanto realizavam a sua pesquisa depararam-se com um caderno de apontamentos do pai da Física, e não queriam acreditar nas conclusões que eram apresentadas. Prepare-se, aqui vai: se somar 1+1+1, e pensar com total concentração, verá que o resultado é 2, e não 3 como responderia se o fizesse sem pensar, impressionante não é...

Apesar de ter sido desenvolvida no outro lado do Atlântico a verdade é que esta descoberta rapidamente chegou a Portugal, e pela mão de dois atletas do Segunda-Feira FC (André Santos e Pedro Rosa), na verdade os dois atletas juntam ao futebol , o gosto pela Física e pelo estudo da Matemática, sendo que ainda antes dos resultados serem apresentados ao público já tinham conhecimento das suas conclusões, uma vez que fazem parte das pessoas que têm relações privilegiadas com o California Institute of Technology.

Pedro Rosa afirmou a uma conhecida revista científica que Portugal ainda não está preparado para abraçar esta mudança: Este estudo é revolucionário e sabe como é que são as pessoas em Portugal, têm muita dificuldade em abolir os dogmas. A meio da semana tentei aplicar esta teoria na prática e ninguém me entendeu, só o André Santos é que me estava a perceber... achava que estava a ajudar aquela gente mas afinal ainda fui ofendido, lá por um não estudioso, cuja ignorância impedia de alcançar a evidência do meu raciocínio... vou ver agora que é oficial como é que essas pessoas vão reagir.

Já José Élvio veio de imediato pedir desculpas à instituição SFFC: tenho que me desculpar... no cargo de presidente da SAD tenho a obrigação de estar correctamente informado sobre todo e qualquer assunto que possa afectar a verdade desportiva no que diz respeito à prática do desporto no SFFC, e tal não aconteceu esta semana, peço desculpa à equipa vencedora pois de acordo com o novo sistema de contabilizar os golos há um vencedor e não um empate como inicialmente eu na qualidade de presidente da SAD havia imposto no final do jogo de quarta-feira.

A mãe do Carlinhos, aluno do 3.º ano do ensino básico na escola de Celorico da Beira também está muito contente com esta descoberta: O meu filho afinal não era burro... errava sempre por um de diferença, mas isso é porque sabia mais que a professora... aquilo é o meu géniozinho...

Quanto ao jogo jogado há que destacar a excelente exibição do guarda-redes Nunes, se não fosse por ele o resultado teria sido claramente desnivelado. Nunes é nota 20 nos lançamentos longos, e realizou pelo menos 6 meios golos que os homens da frente contudo não conseguíram aproveitar.

Alentejano é o homem que não sabe jogar mal, ficou incumbido da árdua tarefa de marcar Pedro Rosa e a verdade é que só foi ultrapassado nos remates de meia distância.

Brá, porventura espicaçado pelo regresso à Madeira, foi também um membro em destaque, marcou golos de belo efeito e tentou muitas vezes as tabelinhas com José Élvio que só por vezes conseguia corresponder, o segundo homem do ataque teve um jogo para esquecer e está em clara baixa de forma, chegou quase sempre atrasado às bolas que lhe eram endossadas por Brá, Bruno, Nunes e Ervas (no curto período em que esteve em jogo).

Ervas enquanto jogou mostrou o porquê de ter sido chamado à primeira equipa, mas foi traído por uma lesão que ainda não foi avaliada pelo departamento médico.

Hora de falar de Barbas, homem mais, da outra equipa. No recomeço do campeonato e numa altura em que todo o plantel dá mostras de não se encontrar nas melhores condições físicas, Luciano demonstra que foram muito benéficas as mini-férias passadas na Etiópia, que lhe aumentaram o nível de glóbulos vermelhos no sangue.

Guedes voltou aos grandes palcos e cumpriu, mostrando um especial entendimento com Pedro Rosa.

André Santos e Pedro Rosa foram os dois impulsionadores da equipa, levaram a equipa para a frente e com grande astúcia e clareza de raciocínio ainda se lembraram do estudo a que acima fizemos referência para levar de vencida a equipa adversária , a quem claramente faltaram argumentos para poderem ombrear pela vitória.

Mendes teve uma noite tranquila, nos golos sofridos nada podia fazer, e limitou-se a fazer o seu trabalho sem grandes exuberâncias.


7 comentários:

Luciano disse...

QUE BAZÓFIA!!!

André Santos disse...

Venho aqui apelar à direcção que instale o placard electrónico para não mais surgirem desavenças.

Devo também dizer que estudos recentes mostraram que 2>1 e que, como normalmente, a maioria ganha, tinhamos dois defensores da teoria 1+1+1=2 contra um defensor da teoria 1+1+1=3. Visto estarmos perante 9 jogadores e mais ninguém ter demonstrado o seu desagrado ou dúvida quanto ao resultado, seria claro de que lado estava a razão.

Para a semana lá estaremos para fazer contas de sumir!

Até breve camaradas!

P.S.: Isto da bola até nos ensina umas coisas!

Élvio disse...

Réplica:

Caro André Santos, existem 6 milhões de benfiquistas, ou até mais, espalhados por esse mundo fora, são mais do que o dobro dos adeptos do FCP, imagine que a maioria fazia valer a sua vontade... mesmo que os portistas tivessem a inteira certeza de serem os melhores (que por acaso até são) estávamos todos condenados a ser do Benfica...
Por isso cuidado ao afirmar que 2>1 e que a maioria ganha.
Quando se acredita temos que ir até ao fim, mesmo contra a maioria.

André Santos disse...

Caro Élvio,

É um bom exemplo esse mas, na semana passada, você parecia um deles ao contestar, com algum nervosismo, aquilo que dois colegas seus lhe diziam de forma amena.

Quanto ao meu anterior post penso que, com benfiquistas ou sem eles, não há duvidas que 2 é sempre maior que 1. Também se reparar digo que "normalmente a maioria ganha". Todos nós sabemos que o Benfica não é um caso normal!

Cumprimentos caro colega :)

Luciano disse...

Deixem-se de paneleiradas e joguem mas é à bola!

Élvio disse...

Respeito a recomendação do nosso eterno capitão.
Para mim o assunto está arrumado e espero pela próxima quarta-feira para me gladiar, de forma pacífica, com o meu colega André Santos.

Nunes disse...

No meio disto tudo qual foi o resultado? Pensei que tivesse sido um empate.

E pelo menos a minha equipa merecia um prémio pois estivemos meio jogo em inferioridade numérica.

Se todos os benfiquistas fossem como eu, iamos todos para socios do porto e mandavamos fechar o clube em assembleia geral